quinta-feira, 23 de abril de 2015

Monte das Bem-Aventuranças

Ao lado direito o Mar da Galileia.

Neste belo lugar, essa pequena igreja, fica na vertente noroeste do Mar da Galileia, local aonde Jesus declara as oito Bem-Aventuranças. Elas descrevem o tipo de discípulo ideal, que tem o seu caráter e estilo de vida diferente.
Neste local, os jardins são lindos e bem conservados. Uma oportunidade de se meditar e refletir sobre esses ensinamentos.
(Fotos: Ana Cláudia Thá Nassif)



O Sermão do Monte, conforme está escrito em Mateus, é um esboço sumário das palavras de Jesus, repetidas em diversas ocasiões e muitos lugares diferentes.
                                              
Interior da Igreja

Em cada vitral, está escrito uma Bem-Aventurança


sábado, 18 de abril de 2015

Fonte de Gideão


No dia 26 de março, visitamos a Fonte de Gideão. O local que Deus ordenou a Gideão para que levasse os 10.000 homens que ficaram, para beberem água.  Ali se iniciou a vitória de 300 homens - de Israel, contra 130.000 homens - Midianitas e Amalequitas, mas com uma diferença, os de Israel estavam com Deus e os outros não.
Os relatos do que aconteceu neste local, está descrito no livro de Juízes 7:1-8. O pastor Michel Piragine, ressaltou os três princípios que Gideão usou para vencer esta batalha:
  1.   Nossas conquistas vem de Deus. Vitória - memorial de fé;
  2.   Vencer pela fé, aprender a obedecer diante dos testes de fé.
  3.   Entender que as batalhas são bênçãos de Deus para a nossa vida.
A VITÓRIA É DE DEUS, UNS VÃO OUVIR, OUTROS VÃO VER.



Juízes 7:5-6 - Fonte de Gideão



quarta-feira, 15 de abril de 2015

Jordão

Rio Jordão

Conhecer o Rio Jordão, é com certeza é um dos momentos mais esperados para quem viaja à Israel. É o local aonde um fato histórico é conhecido por quase toda a humanidade. Sim porque foi lá que Jesus se batizou, e assim está escrito: "Então veio Jesus da Galileia ter com João, junto do Jordão, para ser batizado por Ele". (Mateus 3:13).
Nenhum outro rio tem tanto significado bíblico. 
Aproveitar a passagem por aqui tem um sentido muito especial, por isso, o batismo de "Confirmação de Fé" é celebrado com aqueles que assim desejam.  
Pastor Michel batizando Luciane

O grupo canta durante a celebração.
Este local fica no Estado de Israel chama-se Yardenit, preparado para que as cerimônias aconteçam. Porém, o local exato aonde Jesus foi batizado está no lado da Jordânia.

Qasr El Yahud

Fica perto de Jericó, na fronteira entre a Jordânia e Israel, por muitos anos esteve fechado e só foi aberto para visitação pública recentemente. Não há estrutura para realização de batismo.
 




sábado, 11 de abril de 2015

Corazim


No dia 25 de março, visitamos o Sítio Arqueológico de Corazim, que foi uma importante cidade judaica, localizada a cerca de 4 km de Cafarnaum em uma colina acima da costa norte do Mar da Galileia. Famosa pela sua produção de trigo de boa qualidade, estava próxima de Damasco, o que contribuía para que a agricultura desempenhasse um papel importante na economia da comunidade.
Corazim foi repreendida por Jesus por sua falta de fé. Jesus exercia seu ministério nesta cidade que está mencionada na Bíblia em Mateus 11:20-22. "Então Jesus começou a denunciar as cidades em que havia sido realizada a maioria dos seus milagres, porque não se arrependeram. Aí de você Corazim! [...].



Sinagoga - uma das mais intactas dos tempos antigos.

Cadeira na sinagoga reservada para o professor que ensinava a lei de Moisés. Este assento tinha poltrona braços, encosto alto e na frente havia uma inscrição em aramaico dizendo. "Eu lembrado para sempre ser Yudan o filho de Ismael, que fez o pórtico e as arquibancadas na porta. Sua recompensa é ter parte com os justos. 
"Hoje, o original está no Museu de Israel, em Jerusalém.


E no velho palco, a Silvana faz a sua apresentação. 


sexta-feira, 10 de abril de 2015

Cesareia de Felipe | Monte Hermon

Cesareia de Felipe 

Hoje conhecida como Banias, porém os romanos chamavam de Cesareia de Felipe, a cidade fica a 150 ao norte de Jerusalém e a 60 km de Damasco, capital da Síria. A passagem de Jesus nesta região está escrita em Mateus 16:13. Nesta foto, a beleza cristalina de uma das fontes do Rio Jordão. 

Foto de Ana Claudia Thá Nassif

Monte Hermon

[...] como o orvalho de Hermon, que desce sobre os montes de Sião; porque ali o Senhor ordenou a bênção, a vida para sempre (Samo 133:3) 
Esse foi um momento muito esperado pelo grupo. Subir a "Montanha Sagrada" e andar entre as neves. No mês de março, já tem pouca neve, em janeiro chega a 2,5 metros. É interessante observar que nesta região tão quente se ver toda essa neve, mas é exatamente daí que o Rio Jordão é abastecido. Ao derreter, o rio recebe toda a água para abastecer a população do Estado de Israel "a vida para sempre".
O Monte Hermom, é considerado uma das mais lindas montanhas da fronteira norte Israel e com a Síria. 


terça-feira, 7 de abril de 2015

Mar da Galileia | Centro Yigal Alon




Erika Checan e Luiz, ao som do Hino Nacional,
hasteiam a bandeira no Mar da Galileia.

O BARCO - Logo pela manhã o nosso grupo já estava pronto para embarcar e fazer a travessia. No Novo Testamento, o Mar da Galileia é também chamado de lago de Genesaré (Lucas 5:1).  Quando estamos neste local, o fato marcante que chega a nossa memória é o descrito e Mateus 8:24 "De repente, uma violenta tempestade abateu-se sobre o mar, de forma que as ondas inundavam o barco. Jesus porém dormia [...]. Olhando olhamos esse cenário é difícil imaginar ver esse mar revolto.






HOMENAGEM -  Hora do hasteamento da bandeira brasileira, e todos cantam o hino nacional, sempre nos emocionamos, afinal, estamos recebendo uma homenagem dos israelenses.









POMBAS - Uma outra cena muito bonita foi a das pombas comendo pão que levamos para alimentá-las. Parecia que estávamos recebendo as boas vindas; tudo neste local se torna mais belo, afinal, Jesus andou aqui e nós estamos fazendo o mesmo trajeto que Ele fez tantas vezes.










 "O TRAVESSEIRO DE DEUS E A    TEMPESTADE" esta foi a reflexão do pastor    Michel Piragine, baseada no evangelho de Marcos  4:35 em diante.









"O BARCO DE JESUS"


Durante a época que Jesus andou nesta região, os historiadores contam que apenas 30 barcos navegavam no Mar da Galileia. Um deles, foi usado por Jesus, não se sabe se foi este que foi encontrado, mas com certeza, era este o modelo. Assim podemos "imaginar" como Jesus fazia a travessia para ensinar aos seus discípulos.

"Em uma costa descoberta graças à seca no Mar da Galileia em janeiro de 1986, dois irmãos, pescadores de Ginossar - chamada Genesaré nos dias de Jesus (Mateus 14:34, Marco 6:53) - viram um objeto misterioso aparecendo na lama. Doze dias depois um barco antigo viu a luz do dia pela primeira vez desde que afundou, há quase dois mil anos atrás.

segunda-feira, 23 de março de 2015

Monte Carmelo | Vale do Armagedon | Nazaré - "Torre de Vigia"


Monte Carmelo. Local aonde Elias enfrentou os profetas de Baal. "Agora convoco todo o povo de Israel para encontrar-se comigo no Monte Carmelo. E traga os 450 profetas de Baal [...] Acabe convocou então todo o Israel e reuniu os profetas no Monte Carmelo. Elias dirigiu-se ao povo e disse: Até quando vocês vão oscilar para um lado ou para outro? Se o Senhor é Deus, sigam-no; mas se Baal é Deus, sigam-no". (I Reis 18:20).


















Vale do Armagedon + Megido. "Eis que venho como um  ladrão! Feliz aquele que permanece vigilante e conserva consigo as suas vestes... Então os três espíritos os reuniram no lugar que, em hebraico, é chamado de Armagedom [...].  Apocalipse 16:15-16

Interior da Basílica de Nazaré





Nazaré - Assim que cumpriram tudo segundo a lei do Senhor, voltaram à Galileia, para a sua cidade Nazaré. Foi na cidade de Nazaré que José e Maria viveram e Jesus morou viveu cerca de 30 anos. Por isso, ficou conhecido como Jesus o Nazareno.
Nazaré se situava num alto vale entre colinas de pedra calcária, mais no sul do Líbano.

Local da aparição do anjo Gabriel à Maria - Interior da Basílica em Nazaré



A noite chegamos a Tiberiades

domingo, 22 de março de 2015

Tel Aviv - "Colina da Primavera" | Jaffa - Jope - "Bela"

A escultura de uma baleia na praça central da cidade.
Tel Aviv - Após 13h30 de viagem, chegamos. Deixamos as malas no Royal Beach Tel Aviv Hotel, e seguimos para a antiga Jope. Uma cidade com ruas estreitas, com seus encantos e suas histórias. Quem não se lembra de Pedro e Simão o  Curtidor? Mas a que logo vem em nossa memória é a de Jonas porque foi no porto dessa cidade que ele deveria partir para Nínive, mas foi para Tarso. Jaffa é onde Pedro levantou Tabita dos mortos (Atos 9:36-43). 
"No dia seguinte levantou-se e partiu com eles e alguns irmãos, dentre os de Jope e o acompanharam (a Paulo)". Atos 10:23
Neste local está a casa de Simão, o Curtidor.

JAFFA é a antiga JOPE. Único porto natural entre Haifa e o Egito.

A histórica cidade com suas ruas estreitas relembram a história de Pedro e Simão, o Curtidor.

O primeiro jantar - Descobrindo o "sabor da terra"






sexta-feira, 20 de março de 2015

Os Caminhos de Jesus - Dia a Dia

Sábado, 21 de março de 2015
As 7 horas da manhã, com 23 pessoas, foi iniciada a VI Expedição Bíblica. A saída foi do aeroporto Afonso Pena, em Curitiba/PR. Em São Paulo, embarcaremos, pela Alitalia, para Tel Aviv fazendo uma conexão em Roma. Chegaremos no domingo, dia 22 de março às 13h50 (horário local) no aeroporto Ben Gurion.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Israel - Novo grupo em agosto 2015

Olá amigos! Considerando a procura para viagens à Israel e também, atendendo àqueles que desejam tanto o roteiro quanto um tempo de viagem menor, comunicamos a todos que estamos organizando mais um grupo de Expedição Bíblica com a saída prevista para última semana de agosto. A liderança espiritual será do Pastor Edson Múrcia, assessor do pastor Paschoal Piragine Jr. da Primeira Igreja Batista de Curitiba.
Abrimos as inscrições para completar a lista de interessados. Por gentileza, solicitem mais informações preenchendo o formulário: "Estamos aguardando seu contato" na coluna a direita do blog.  
E-mail: Cleide Neto: expedicaobiblica@gmail.com | (41) 9872-3258 TIM | (41) 8802-6548 CLARO | (41) 3026-6877 agência operadora - contato: Alessandra.

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Os caminhos do apóstolo Paulo

Dia 24 de outubro - Istanbul

Retornamos da Grécia para Istanbul, hoje o dia foi livre, afinal o Grand Bazar espera por todos. Últimas compras, arrumação de malas é hora de se despedir desse maravilhoso país. Um dia... quem sabe... poderemos retornar!.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Os caminhos do apóstolo Paulo

Dia 23 de outubro - Corinto

Uma das mais antigas cidades da Grécia, graças a sua localização próximo ao ao porto, era economicamente muito desenvolvida. A sua população tinha o costume de ir para as praças ouvir os filósofos e pensadores exporem as suas ideias, isso, contribuía para que a população se torna-se intelectualmente mais desenvolvida.
O apóstolo Paulo, viveu 18 meses em Corinto e organizou uma igreja (Atos 18:1-18) durante a sua segunda viagem missionária. A grande marca da passagem de Paulo nesta cidade foram as cartas que escreveu, principalmente I Coríntios 13 para mostrar o verdadeiro conceito sobre o amor, porque, percebeu que o casamento não estava sendo visto como uma instituição divina, estava sendo deturpado.

Tribunal onde o apóstolo Paulo foi julgado quando esteve em Corinto.

quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Os caminhos do apóstolo Paulo

Dia 22 de outubro - Atenas

Falar ou escrever sobre Atenas é muito bom. Não somente pela contribuição desta cidade na construção da nossa cultura, mas também por ter sido uma das rotas de Paulo nas suas viagens missionárias. De qualquer forma, ler, estudar ou andar por aqui, temos muito o que aprender. 
Nesta viagem, podemos observar uma cidade sofrida com os reflexos de uma crise econômica, mas imponente refletindo em cada local visitado, que os gregos não foram apenas o berço de uma civilização, cujos principais representantes são os filósofos: Sócrates, Aristóteles e Platão, mas com seus ideais totalmente pautados no desenvolvimento intelectual.
É muito bom caminhar pelas ruas da Grécia. 

Pathernon. Podemos afirmar que este lugar, que está no local mais alto da cidade, é um ponto de encontro na Grécia.  São as ruínas do famoso tempo grego dedicado à deusa Atena, padroeira da cidade.

AREÓPAGO - Neste local o apóstolo Paulo falou para os atenienses sobre o Deus desconhecido. Em Atos 17 encontramos a narrativa quando ele falava aos filósofos neste local que era o centro nervoso da divulgação da sabedoria humana do seu tempo. Em Atenas, havia muitos mestres e sábios de todas as correntes e tendências. "Os gregos buscam sabedoria", escreveu Paulo em I Coríntios 1:22,

pastor Paulo Davi e a Mamis (Dora)



terça-feira, 21 de outubro de 2014

Os caminhos do apóstolo Paulo

Dia 21 de outubro - Saída de Santorini com destino à Atenas

Logo pela manhã, começamos a nos despedir dessa ilha, afinal os encantos de Santorini, precisam ser registrados: últimas fotos, umas comprinhas, um sonho realizado e um almoço chamado churrasco, preparado pela equipe do Hotel El Greco para o nosso grupo. Acima de tudo isso a gratidão ao nosso Deus por esse tempo. Um privilégio!

El Greco - Neste hotel ficamos hospedados.

Damaris - Interior do hotel

Churrasco greco
Depois desse delicioso almoço, partimos para o porto, Encaramos umas sete horas de barca de Santorini para Atenas. Desta vez, o Mar Egeu não estava tão revolto. 
No porto... lá em cima podemos avistar Santorini.


Nesta barca, seguimos a nossa viagem. 

Enquanto isso, a Doracilha queria se conectar!
Outros dormiam, caminhavam pelo barco, lanchavam e visitavam a "lojinha".
Chegamos em Atenas, quase meia noite. O horário do jantar já havia passado, mas o hotel aonde ficamos hospedados deixou em cada apartamento a nossa refeição. Um cuidado que fez a diferença.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Os caminhos do apóstolo Paulo

Dia 20 de outubro - Santorini

Nesta ilha o apóstolo Paulo não passou, o nosso grupo parou aqui para descansar um pouco, já estávamos com 13 dias de viagem e faltavam mais cinco. Por isso, recarregar um pouco as energias era necessário.
Descrever a beleza natural e o charme arquitetônico dessa ilha é difícil, "No centro da ilha recortada em meia-lua está uma cratera que na verdade é a caldeira submersa de um vulcão, criada por uma série de erupções ocorridas no ano 1650 a.C. E é justamente aí que entra a capacidade do homem de aproveitar com bom gosto o que a natureza lhe deu: no cume do penhasco que beira a cratera foram erguidas as famosas casinhas caiadas de branco, praticamente debruçadas no mar e enfileiradas em vielas estreitas. O cenário, completo por impecáveis cafés e hotéis, é irresistível, bem como o pôr do sol deslumbrante".  







Museu Akrotiri

Acrotiri (em grego: Ακρωτήρι:Akrotiri) É um sítio arqueológico da Idade do Bronze da ilha grega de Santorini. Acrotiri foi enterrado pela erupção do vulcão Thera durante o milênio II a.C.; como resultado, como as ruínas romanas de Pompeia posteriormente, está muito bem preservado.